Pages

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Amamentação e medicamentos

"A utilização de medicamentos durante a amamentação produz (em mães e profissionais de saúde) uma espécie de temor irracional. Vemos com frequência mães que deixam de amamentar por tomarem um medicamento perfeitamente compatível com a amamentação, ou que estiveram em sofrimento durante meses porque, por estarem a amamentar, "não podiam receitar mais nada". É errado recomendar sistematicamente a paragem da amamentação sem antes procurar informação de confiança."

(...)

"Um lactente precisa de mais de um mês para digerir um único comprimido de atenolol; dois meses e meio para um comprimido de ranitidina, quase um ano para um comprimido de digoxina, quatro anos e meio para um comprimido de cloxacilina (supondo que a sua mãe tomasse cloxacilina todos os dias durantes este tempo). E ainda vemos suspendera amamentação em caso de mastite, porque a cloxacilina passa para o leite!
Quando o medicamento é usado em lactentes, pode ser mais esclarecedor explicar à mãe que dose daríamos ao seu filho se ele estivesse em tratamento, e quantos dias teria que mamar para conseguir essa dose. Por exemplo, a dose habitual de digoxina é de 0,015mg/kg/d, pelo que a dose de um lactente de 5kg seria de 0,075mg. Para obter essa quantidade a partir do leite, essa criança teria de ingerir 78 litros, o que significa 104 dias a amamentar. Ou seja, é mais fácil morrer afogado no leite, ou esmagado pelo seu peso, do que intoxicado pela digoxina."

Retirado do:
Manual prático do aleitamento materno"
Dr. Carlos González

Antes de parar de amamentar por consumo de medicamentos, informe-se bem se de facto esse fármaco irá fazer mal ao seu bebé.
Parar de amamentá-lo... isso sim poderá ser prejudicial a si e ao seu bebé. Amamentar faz bem aos dois: mãe e filho!
Um sitio onde pode verificar se pode amamentar em simultâneo com medicação, é:

http://www.e-lactancia.org/

Votos de boas mamadas :)

E por aí também há receio de tomar medicamentos e amamentar?

16 Seres especiais comentaram :

Patricia disse...

Muito bem lembrado!!
Fico cansada na altura da gravidez e da amamentação, com as proibições disto e aquilo, uso sempre a minha intuição e bom senso. Não há paciência!

Não amamentei muito, foi até eles quererem, Diogo até ao 4º mês e Daniela até aos 6 meses, fiquei muito triste quando deixaram :( e tenho saudades :)

Beijinhos.

100% Mamã disse...

Ola, é a primeira vez que comento mas já por aqui ando há bastante tempo e deixe-me que lhe diga que ADOOOORO os seus posts.
Quanto à pergunta em cima da mesa, como mãe há 2 anos e 9 meses (sim ainda conto o tempinho tooooodo) tive esse receio que felizmente ficou só pelo psicológico visto nunca ter precisado, tal como martirizei-me quando no primeiro mês não consegui logo fazer uma amamentação em exclusivo (obstáculo que ultrapassei). Aprendi que realmente é preciso bom senso (como para tudo na vida) e que muita das coisas que se dizem por aí não são tal e qual.
Bjs e eu cá vou passando para me rir, inspirar ou seja lá o sentir no momento ;)

sofia-educarcomcarinho disse...

A medicação e a amamentação em conjunto também me faz confusão. Mas como tu escreveste é pura falta de informação.
Eu quando o Leo nasceu estive 5 dias a deitar o meu leite fora porque, segundo os médicos, não podia amamentar devido à medicação, será que faria mesmo mal?
Fico sempre com o pé atrás quanto a medicamentos, ainda bem que desde que comecei a amamentar ainda nunca foi necessário tomar nada. :)

Um óptimo domingo para ti

Sonia disse...

olha desconhecia completamente ....os próprios médicos e enfermeiros não deviam estar melhor informados ?

Fresco_e_Fofo disse...

Nas próximas amamentações, não me vou esquecer destes conselhos. eheheh

Deusa disse...

Oiii linda

Nem posso falar sobre amamentação,pois devido a algum problema emocional(cinco anos tentando ter um filho)meu leite não quis descer de jeito nenhum...e olha que rachou o bico do peito de tanto eu tentar,usei aparelhos e tudo,ate minha mãe me dizer *Chega de sofrimento,vamos alimentar a nenem de outra forma,com leite paras bebes.Me senti uma infeliz/felicissima,pra mim era um sonho realizado,o resto...era facil de resolver.
Quase morro de rir da tua visinha,voc~e mata a gente de rir quando resolve contar algo...kkkkkk...meu marido que dormia,acordou assustado com a gargalhada que dei sem querer....bom....melhor que um barulho destas da vizinha...kkkkkk,e não me venha perguntar coisas assim...sou delicadissima...kkkkkkk.
Deusa
vasinhos coloridos

Gigi disse...

Ola Gaspas ,belo texto !!eu tambem sou a favor da amamentaçao ,amamentei minha filha ate os 2 anos e 7 meses ,e so parei porque tive que trabalhar.E realmente faz muito bem pra mae e filho.bjs

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Patricia,
há muito mitos na gravidez e amamentação. Alguns chegam a ser ridículos como por exemplo não se poder beber água enquanto se está a amamentar porque sai água na mama em vez de leite... Engraçado que o nosso cerabro é tão influenciável com estas coisas que acabamos com receio de tudo o que nos contam.

100% mamã,
Obrigada pelo testemunho e pelas visitas :)
De facto existem tantos mitos que só a ponderação bom senso e acima de tudo alguma informação, nos pode salvar :)

Sofia,
Provavelmente nem fazia mal. Mas mesmo a classe médica tem muita falta de conhecimentos sobe esta área... Pelo menos é o que demonstram.

Sónia,
Pois deviam, mas aparentemente muitos deles não estão. E dá muito menos trabalho mandar parar a amamentação que investigar se de facto o medicamento x faz mal. Ou então, assim descartam-se de responsabilidades sem terem qualquer trabalho ou preocupação.

Fresco,
Acho bem! Quem mama tem de mamar do bom e do melhor :P :)

Deusa,
às vezes o stress é o nosso pior inimigo. Mas o mais importante de tudo é eles nascerem e estarem cá fora connosco... o resto vai-se orientado :)
Também foste logo acordar o homem hihihi...

Gigi,
2 anos e 7 meses é muito bom.
Eu estou nos 2 anos de amamentação e espero continuar por mais um tempinho. Ainda no outro dia ouvi uma boca meio atravessada na minha direcção:
- O que é demais também não presta!
Mas não me atinge simplesmente porque as pessoas não têm culpa de não terem mais conhecimentos nesta área.
Um bebé que deixe de amamentar tem de beber leite na mesma, certo? então porque há-de tomar de vaca e não de mãe? Obviamente com 15 anos não vai mamar. Mas se aos 3 anos ainda mamar não vejo problema nisso. Além disso cada espécie de mamífero tem o leite mais adequado à sua espécie :)
O desmame deve ser quando a mãe e o bebé acharem que deve ser feito e não as outras pessoas.
:)

Fernanda disse...

Felizmente não passei por essa situação, das duas vezes. De qualquer forma, não há como falar com o médico e esclarecer as dúvidas.

Catarina A disse...

Nunca amamentei nem tenciono começar tão cedo, mas um dia vou-me lembrar disso! xD

An@ disse...

Eu amamentei os dois até aos 4 meses!

Ela não quis saber mais de mama a partir dos 4 meses! O leite da mama não era suficiente para ela e acabou por deixar a mama. Queria era biberão que lhe enchia a barriguinha (nasceu com quase 5 kilos)

Ele, o meu leite começou a ficar mais fraquito aos 4 meses... também acabou por ficar só com o biberão.

Mas lembro que na altura me diziam: Não deves comer isto, não deves comer aquilo. Atenção a isto, atenção à aquilo. Cuidado com aquilo que bebes, com aquilo que tomas e etc... afff até cansa!

Beijos
Feliz dia de S. Valentim
Boa semana

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Fernanda,
E que o médico saiba aconselhar correctamente ;)

Catarina,
É informação para o futuro :)

An@,
Até aos 4, 5, 6 meses quando se introduz alimentos são uns mamões :) o meu normalmente aguentava, 2, 3 ou 4 horas sem mamar (de dia) mas também tinha alturas de o fazer de meia em meia hora :)) é uma fase gira :)
E amamentar 4 meses já é óptimo :))

Luísa disse...

Cá por casa sempre usei o e-lactancia que mencionaste para ver qualquer informação relativa a medicamentos. Mas felizmente limitou-se a uma ou duas vezes. Ela mamou até um ano e três meses, ele ainda mama (3 anos e meio) e está agora a iniciar o desmame. Mais um mês ou dois e acredito que já não mame.
Tal como tu, também tenho ouvido "bocas" menos simpáticas sobre a longa amamentação... enfim, é para o lado que durmo melhor e não ligo absolutamente nenhuma.

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

3 anos e meio vais bem lançada :) E é óptimo para ele.
E às vezes ajuda tanto... o meu agora vomitou 2 dias e desidratou bastante, deu imenso jeito ele mamar pois ajudou bastante a hidratar. Chegou a pedir-me mama 3 vezes seguidas em meia hora.
Já está fresco que nem uma alface :)

Luísa disse...

Sabes Gaspas o A. quando tinha 1 ano e meio teve uma gastro muito séria. Vomitava e tinha muita diarreia, nada fazia efeito e andou assim quase uma semana e meia. Ficou sobre observação muito séria e segundo pediatra só não foi internado porque a amamentação o "salvou". Mamava a todo o instante e assim repunha o que ia perdendo.

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Pois, deve mesmo tê-lo ajudado imenso, tadinho. O meu só por vomitar 2 noites... ficou sequíssimo, nem consigo imaginar o teu :s

Mas as pessoas não dão valor e a maioria acha que a mama é apenas um vicio... eles fumam, bebem, jogam no totoloto... e um bebé é que tem vicios!!! hahaha oh god!

Related Posts with Thumbnails