Pages

quarta-feira, 7 de março de 2012

Como receber 2 ordenados trabalhando o mesmo número de horas!

A poucos quilometros de onde a Mirculina mora existe um hospital (distrital) público.
A 2 minutos de carro desse mesmo hospital público, abriu recentemente um outro, mas... privado.

Aqui há uns dias a prima da Mirculina, a Godofreda, estava com uma gripe terrível. Daquelas de espirrar os pulmões para fora.
Como não queria estar horas à espera no público, decidiu ir ao novo hospital particular...

Godofreda - Boa tarde, têm urgências?
Administrativa - Sim temos!
Godofreda - Óptimo! Tenho de esperar muito? Quanto é?
Administrativa - A médica de momento não está cá aqui, mas chega em apenas 5 minutos. São sessenta euros!

Administrativa telefona à médica.
Godofreda paga e senta-se à espera...

Passa, 1 minuto... 2... 3... 4... 5....

Chega a médica!
(Ah, espera lá que não acabei a frase... reformulando!)

Chega a médica, com a bata do hospital público vestida (Não, não leu mal), ... com a bata do hospital público vestida, que despe descontraidamente em frente à Godofreda. De seguida veste a do hospital privado... E atende a nossa "Gôdô"!

É preciso dizer mais alguma coisa???
[Não me desejem as melhoras que eu estou bem. Isto, não foi comigo, hã??]

50 Seres especiais comentaram :

Turista disse...

Querida Gaspas, nem a condeno! Da maneira que este país está, é um salve-se quem puder!!
É isso ou emigrar!
Estás melhor?
Beijinhos

Formiguinha disse...

E ainda se queixam!
Assim até eu queria:)
São sempre os primeiros a fazerem greves e manifestações para terem melhores salários, se tivessem vergonha na cara estavam muitos caladinhos.
Infelizmente é o que mais se vê e o pior é que quando vamos ao serviço de saúde público esperamos horas e horas, somos mal atendidos e se dizemos alguma coisa ainda nos tratam mal e depois vamos ao privado e somos atendidos pelos mesmos fulanos mas como pagamos couro e cabelo já somos recebidos a pão-de-ló. Diz lá como é que o nosso país pode sair do buraco com pessoas assim e ainda por cima apoiados pelo governo?

Beijinhos

Kyla disse...

Isso é que está a dar!
Agora conto-te outra.
A pediatra da minha filha dá no público também (escolhi-a porque pode dar jeito, caso ela esteja de plantão e já conhendo a miúda, pode ajudar - digo, pode, porque por vezes só ajudam, quando estão de maré).

Ela e outros pediatras abriram uma clínica pediatrica, onde cobram por miúdo 65€ por consulta e não fazem desconto se forem gémeos (paga-se o dobro, ou o triplo...).

Acontece que se ligarmos para lá para fazer uma pergunta e ela estiver em consulta, pedem-te o número de tlm e dizem:
- "A dra. neste momento está em consulta, quando puder atender, nós damos um toque deste nº (dá o nº de tlm da clínica) e a mãe liga-nos de volta e fala com a médica!!"

Agora pergunto:
- Não lhes chega os 65€ por puto? Ainda têm de chular mais uns cêntimos aos pais?!

Enfim...eles é que são os espertos e é certo que só lá vai quem quer e pode!
Médicos e mecânicos são os supra-sumos da esperteza. Mal lhes podemos fazer perguntas que ficam logo a olhar-nos com ar ameaçador! E ai de nós se colocarmos em causa os seus métodos!!!

O pior é que o atendimento privado já está quase ao nível do pública e por vezes pior, porque como esperamos mais, a desilusão é maior!

Anabela (aproveitaravidaja.blogspot.com) disse...

Especialmente Gaspas,

Estou de queixo caído e não há muito mais a dizer, apenas que os médicos precisam de duas coisas, de ser mais bem pagos (se calhar não iam tanto para o privado) e mais controlados no aspecto de exercerem no público/privado.

Bjs

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Turista,
eu tb não condeno ninguém... Mas era uma médica que estava de banco nas urgências... Pensa comigo (e já nem vou falar dos descontos que fazemos para termos direito a médico):
- Gostarias de ir às urgências do público, teres algo grave e urgente e a médica não estar no seu posto de trabalho?

Formiguinha,
Pelo menos podia ter disfarçado... despia a bata no carro!

Kyla,
Nem sei.. deve haver os bons e os maus! E quero acreditar (serei ingénua) que o maus são em menor número...
Por acaso o pedi do meu filho dá nos dois lados, mas se for um "cliente" habitual... ao fim da noite ele recebe no consultório particular urgências e não cobra nada. Se for consulta: 60€

Anabela,
Que controlem mas não sejam do mesmo calibre! :)

Tânia (Mamã do Santiago) disse...

É o pais que temos! Depois , claro, que não há trabalho para todos :)

PINTA ROXA disse...

Essa merecia um premio nobel.
Como é possivel?? Enfim é o Pais que temos..
bjos

aprendereorganizar disse...

Eu acho vergonhoso, sinceramente!É fácil entender como é que à pessoas a viver tão bem e outras tão mal.
Um beijinho;)

risonha disse...

é mesmo caso para dizer: SEM COMENTÁRIOS!!!
é preciso ter lata para vir despir a bata em frente aos pacientes... ao menos que tivesse deixado a bata no banco traseiro do automóvel, não?

Miss Worm disse...

E pensar que no publico ficaram à espera mais uns 20, uma hora, né? Eu não digo que ela não tenha de fazer pela vida dela da maneira comoestá o país mas que à custa de uns outros mamam e muito lá isso !

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Tânia,
Comentários para quê... "né"?

Pinta,
Uma pequena amostra do pais que temos...

Aprendereorganizar,
Pode ser que tenha sorte e não seja apanhada...

risonha,
se calhar tinha frio...

Miss Worm,
Pior que esperar é ter alguém que precise verdadeiramente dela... e ela está onde?

Administrator disse...

Estou de boca aberta... e ao mesmo tempo, chateada comigo por estar de boca aberta. afinal, como as coisas estão, não é assim tanto de admirar!
Gina
Maçã Dentada

Maria Vicente disse...

Coitada da médica que nem teve tempo de despira a batinha amarelada do hospital...ups....
olha..
para a merda isto tudo (sorry) mas hoje estou assim a modos que brava com isto tudo, realmente, mas como isto está o melhor é fazer como a médica, ela está certa pá.
Beijinho moça.

Fabiano Mayrink disse...

Gaspas uma vez fui ao hospital publico pra tirar um bixo na cabeça que peguei no mato quando fui coletar uns musgos com a faculdade, sabe que a enfermeira do hospital falou, que nao ia me atender pois não era grave, dai voltei pra casa, no outro dia paguei um medico 160 reais, e o mesmo me atendeu no HOSPITAL PUBLICO e fez uma mini cirurgia, absurdo né, cobrar e atender no hospital publico!!

Fabiano Mayrink disse...

ps: a rolinha voltou!!

nini disse...

Lamentável... enquanto isso do outro lado a fila de espera aumenta

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Administrator,
Pena que os valores fiquem para trás...

Maria Vicente,
Ânimo, pá!!!! ;)

Fabiano,
De facto, isto é mal geral por todo o lado.
P.s: QUE BOM!!!!

nini,
Aumenta... mas não faz mal, os pobres e desempregados têm tempo para esperar!

Zoana disse...

Xiiiiiiii...
Muita bom, realmente =|

Sónia disse...

Isto é quem mais pode roubar! Estão habituados a serem os srs. doutores, intocáveis por certo! Na onda que estou agora, dava um pulinho, como quem não quer a coisa, a um certo ministério e fazia alguma coisita. Porque será que os livros de reclamações das entidades públicas estão sempre imaculados?

As melhoras:) Beijinhos

nini disse...

Passa no meu cantinho, há um desafio para ti :)

Karochinha disse...

Eu não frequento nenhum hospital nem médico no privado, sou absolutamente contra porque se desconto (ou já descontei) foi para poder ter os meus direitos, apesar das longas horas de espera e mesmo assim acho que não sou das que tem mais queixas. Acho que quem quer e pode, que vá...mas sinceramente, acho que a regulamentação existente deixa muito a desejar porque tudo parece que é permitido, incluíndo este absurdo que acabei de ler!
Beijocas nossas ;)

Bricolar e Poupar disse...

Tenho a impressão que episódios desses infelizmente irão acontecer com mais regularidade ainda, enfim, sem comentários...

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Zoana,
Mesmo...

Sónia,
E era o que o utente em questão deveria ter feito...

nini,
Já lá vou espreitar!

Karochinha,
eu também nunca frequentei um hospital particular, nem conto faze-lo. As poucas vezes que tive de recorrer às urgências foi no público... por isso preocupa-me o facto de eu estar lá à espera (correndo o risco de ter algo grave) e a médica andar não sei onde!
Médicos particulares só vou mesmo em casos especificos em que acho que serei melhor atendida se for alguém da especialidade do que num clinico geral...
A regulamentação... favorece os amigos, dos amigos, dos amigos... favores e favores e favores....

Bricolar,
Acontecem há já alguns anos, acontecem agora e desconfio que no futuro também vão acontecer... Os ignorantes são felizes, acho que preferia nem saber destas situações...

MJ disse...

fantástico, mas assim já dá para perceber porque se espera tanto no hospital público! é que essa estava mesmo ao lado mas outros não estarão, não é!!!!!!

AvoGI disse...

cenas da vida real contadas com graça mas que retratam a empregabilidade em portugal e o salve-se-quem -puder
gaspas, acredito que a vida t´má para todos mas tb acredto que há falta de profissionais na saude, mas há gente que nasce com o rabo para o sol
kis :=)

horticasa disse...

É realmente fantástica a pouca vergonha que grassa por este país.
beijinho

Paula disse...

é páaaaaaaaaaaa
:-(

mfc disse...

Nem é preciso fazer desenhos... está tudo explicadinho!!

Naná disse...

Não me espanta nada isso... o que me choca é a falta de vergonha que exibem perante tal descaramento!

Sandrass disse...

Preciso de um emprego desses!

2 ordenados davam muito jeito hihi

Bjs ;)

Paula M disse...

... já nada me deixa de queixo caído.
Fez-me lembrar a rábula da Ivone Silva com a "Olivia patroa/Olívia empregada".

Bjs!

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

MJ,
pois....

Avogi,
alguns ainda são apanhados, mas na maioria é pessoal que se encobre uns aos outros...

horticasa,
Acho que nem vergonha têm...

Paula,
epá mesmo!

mfc,
;)

Naná,
Descontração!!

Sandrass,
Muda de ramo, estás no ramo errado!!

Paula,
é mais ou menos isso... é!

Dama das Camélias disse...

Isso é que é serviço, nem há que disfarçar nem nada!

É a crise... toca a todos.

Su disse...

Sem comentários, só tenho pena de quem ficou à espera da sra dra no público.

Beth disse...

Pensei que essas coisas só aconteciam no Brasil! A saúde pública aqui é um desastre, o que nos salva são alguns planos de saúde particulares, caríssimos, porque o governo só fala e não faz e o que faz é mal feito.

Ilaine disse...

Amiga!

Que loucura... Como pode dar conta de dois empregos? Dura realidade!

Querida, obrigada pelo carinho.
Beijo grande

VdeAlmeida disse...

É preciso ter lata. Aliás, e como diriam os Dupond e Dupont, é preciso ter muita lata

Deusa disse...

Eu ficaria de boca aberta,mas aqui no Brasil isto não e tão surpreendente,os medicos acumulam cargos,trabalham e varios hospitais ao mesmo tempo,e assim como são e um,são em outros,com a diferença na educação,na forma de tratar as pessoas,alguns se transformam em educadissimos outros em cavalos...rsrsrs.
Levei uma foto do seu blog para colocar no meu.
Bjs
Deusa

Lacorrilha disse...

Espanta-me a lata da mulher, de despir a bata à frente dos utentes e tal. Ah valente.

estrela disse...

Incrível Gaspas como é que é possível haver estas situações!!!
eu não concordo com isto....desculpem!!!
Ainda por cima com a experiência que tenho tido com os médicos o mau serviço que prestam....
teve a Godofreda que pagar 60,00€ para ser atendida por uma médica que ali ao lado fazia a mesma coisa...sinceramente....

Rafeiro Perfumado disse...

Neste momento o melhor seguro de saúde é não adoecer, pois caso contrário estamos entregues aos bichos. Beijocas!

Te disse...

Que descaramento, pelo menos podia ter-se livrado da bata antes de entrar.

Não ia ser menos mau o que faz mas pelo menos disfarçava.

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Dama,
O pior é que mesmo sem crise, desconfio que estas coisas acontecem na mesma!

Su,
Pois... isso e ter algo grave sem médico para atender.

Beth,
JJá tou a ver que portugal e brasil não são muito diferentes!

Ilaine,
Pelos vistos dá bem conta (até ver), dos dois empregos e dos dois salários!

Almeida,
Uma colecção de latas!!

Deusa,
Mal geral, tou a ver!!
Já lá vou espreitar que foto gamaste ;)

Lacorrilha,
Não há vergonha nenhuma. Nem sei como não teve medo duma denuncia!!

Estrela,
Só que ali ao lado esperas horas a fio e és atendida de trombas... assim, quem está no publico que espere o dia todo que tem tempo... :s

Rafeiro,
hehe É mesmo!!!

Te,
Se calhar tinha frio :P

Elizabete disse...

Isto realmente é um país de espertos, só é pena que não exista punição para este tipo de pessoas ou serviços.

Patricia disse...

Valha-nos Deus, acho que nem precisas dizer mais nada. E ainda se queixam quando o "Passinhos" manda o pessoal cantar para outra freguesia...ele lá sabe,rsrsrs...

dreams disse...

Uns com tanto e outros sem nenhum, por essas e por outras é que o desemprego está a subir. Como iremos sair desta crise??? Isso é o que me preocupa!!

Fernanda disse...

Enquanto 14% da população não tem um emprego sequer, esta tem dois, e em simultâneo!
Realmente este é um daqueles casos escandalosos!
Depois claro que há filas de espera intermináveis nos centros de Saúde! Esses que esperem, coitados.

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Elizabete,
Espertos até algo correr mal, mas parece que a essas pessoas nada acontece. Só o desgraçado que rouba 1 pão é que vai preso...

Patricia,
No comments, né?

dreams,
E pior que o desemprego subir é ser alguém ligado à saude que devia estar no seu posto de trabalho para qq emergência!

Fernanda,
Os pobres têm tempo, podem esperar...

ombemua disse...

Por isso e que os desgraçados nas salas de urgência publicas esperam e desesperam para serem atendidos durante 5 minutos!
E muito triste, não concordo nada , nadinha.
Efim.....

Dadinha disse...

E depois são estes "chicos espertos" que reivindicam a caracter de excepção para a redução dos salários e subsidios.
Bj

Related Posts with Thumbnails