Pages

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Mala guardiã dos sonhos

Esta mala era do avô (que já faleceu) do meu companheiro de vida. Ele comprou-a quando foi para a tropa, em 1942. Tem portanto 68 anos.

Estava há vários anos em cima dum roupeiro, num quarto frio e húmido. Quando eu lá entrei, olhou para mim e quis vir comigo... Eu disse-lhe que sim!

Quando a abri parecia vazia, mas não estava. À volta dela flutuam sonhos, histórias, lágrimas, sorrisos, esperanças... é uma guardiã de sonhos!

Se esta mala falasse contava toda uma história de uma família.

Aaah, como eu adorava saber a história dos meus bisavós e dos meus avós... Os seus sonhos, simples vivências do dia a dia, sentimentos... Se um dia aparecesse um génio e me perguntasse o que eu queria, sabem o que lhe dizia?
- Querido génio, quero um livro detalhado com toda a historia dos meus bisavós e avós!
(Não sejam gananciosas(os), o dinheiro não é tudo! A sério que este seria o meu pedido)

É algo com que sonho há vários anos. Mas é um sonho impossível de realizar.

Recentemente voltei a pensar nisto quando li o livro A guardiã de sonhos. Este livro relata a história de várias pessoas de uma família ao longo de 4 gerações.

É um livro muito mágico, pormenorizado, cheio de emoções, cores e vida.
É interessante ler as diferentes reacções das pessoas perante uma dada situação e perceber como, cada um interpreta a mesma coisa de uma forma tão diferente.
Faz-nos pensar em como uma decisão que tomamos hoje e julgamos acertada, pode no futuro revelar-se em algo desagradável.
Querem uma sugestão de leitura? A Guardiã de sonhos!!!! Sem duvida. Vão adorar!

(Marido... Deixa-me adivinhar: Estas a cantar a mala de cartão da Linda de Suza? :P)

19 Seres especiais comentaram :

Fernanda M. disse...

Eu tinha uma mala destas antigas que tinha viajado muito por aí, boba como eu era na época me desfiz dela, deitei a fora, mas me arrependo, era do meu pai, bem antiga, com certeza a mala tinha histórias guardadas nela, me desfiz e ele tinha me dado com tanto carinho...

Se ainda a tivesse quando eu abrisse também sentiria uma brisa de lembranças e sonhos passados...

Obrigada pelas suas palavras carinhosas, mesmo quando meu blog estava abandonado e inativo!!!

Tuquinha disse...

Pois é minha querida.......tb eu tenho 2 malinhas dessas. uma delas era a que o meu Pai levou para Liboa com os seus haveres quando entrou na GNR (isto há 70 anos).Resistiu a tudo o que aconteceu ao longo dos anos e hoje guarda com toda a ternura do mundo as lembranças mais queridas dos meus PAIS.Está impecávelmnte tratada no meu quarto...
beijinhos

Shin Tau disse...

Bom dia GAspas

essa mala é muito atractiva par se fazer uma daquelas histórias de manta de retalhos. Já viste o que os outros te poderiam oferecer sobre os teus avós?

A história da nossa família é muito importante, descobrimos coisas incríveis!

Não li esse livro, li "Os cem anos de Solidão" de Gabriel Garcia Marquez e fiquei deslumbrada também!

Beijocas

Fernanda disse...

Já li "A guardiã de sonhos" p'ra aí há uns 2 anos! Na altura levei-o da biblioteca, mas no fim tive que ir à livraria comprar um para mim, de tal maneira adorei!

Quanto ás estacas, claro que arranjo! Só temos que tratar disso na época própria, acho que é Outono, não é? Tudo é possível.
Vives algures no Alentejo, segundo compreendi; tenho familiares a viver em Portalegre.

Esse teu desejo de saberes a história "secreta" dos antepassados tb é meu; no ano passado encontrei uma carta perdida, no meio da coleção de selos do meu pai, com mais de 60 anos que explicou um "segredo" que eu desconhecia. Foi...surreal.

Bjosss

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Shin...
Historias de mantas de retalhos? Explica melhor!!
Pois, tentar tentei... apanha-se uma coisa aqui outra ali. Recentemente consegui fotos de bisavós e da minha avó que nunca conheci... fiquei super feliz. Mas um dos meus avôs era meio surdo e uma pessoa muito reservada a mulher dele morreu qd a minha mãe tinha 8 anos... tudo isto torna às vezes dificil saber aqueles pormenores mais ocultos e interessantes.

Fernanda,
Aqui podamos em Dez ou Janeiro :)) Vivo algures no Ribatejo :P

Bem, essa carta deve ter sido mesmo um achado fantástico. Infelizmente já não tenho possibilidades de "chafurdar" nas gavetas dos meus avós. O meu marido felizmente ainda o consegue :)
Lembro-me quando era pequena ter ido à casa do meu avô já desabitada e ter trazido dois selos antigos... um verdadeiro achado :)

Shin Tau disse...

Gaspas

a manta de retalhos é aquela iniciativa de deixares uma imagem ou uma personagem e os teus leitores completam a história.

naquela que fiz no Grimoire, tive mensagens muito importantes sobre a minha avó :)

Também é muito giro fazer a árvore genealógica :)

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Estas a falar desta:
http://grimoiredomago.blogspot.com/2010/04/desafio-da-semana.html

??

A árvore genealógica também é interessante. Ainda esta semana achei na net o desenho muito simples de uma árvore, só o contorno, e em cada galho tinha a foto dos membros da família... Lindíssimo.

Shin Tau disse...

Sim! Com fotos é mais difícil! É um exercício de auto conhecimento muito giro!

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Disseste:

naquela que fiz no Grimoire, tive mensagens muito importantes sobre a minha avó :)

É um exercício de auto conhecimento muito giro!

....

Mas são as outras pessoas que completam a história que nós iniciamos, certo? Então como é que com isso obtemos o auto conhecimento e como no teu caso mensagens importantes sobre a tua avó?

Explica melhor... :)

Adribel disse...

Hola Gaspas!
Tu blog me encanta, es muy bonito!!
Te mando un beso grande y felicitaciones por tu bello vestido de hoy (Sagrado Feminino)

HAZEL disse...

Ó Gaspas, Gaspinhas... estás lindíssima... Fui Fuiu! (assobio de elogio)

Obrigada pelas tuas palavras tão queridas na festa de hoje!
De coração, obrigada mesmo.

Passei o dia fora, por isso ainda não tive tempo de responder a tudo

Beijos e obrigada mais uma vez

Shin Tau disse...

Gaspas

só agora pude responder. O exercício de auto-conhecimento é o da árvore genealógica :) conversas cruzadas é no que dá!

As mensagens são dos outros que se predispõem para servir de canal :) e de ti que aceitas recebê-las.

Explicado? :)

bejufas

Espaço Clarear disse...

Amiga, belo post, e ja estou a procura do livro para ler, fiquei curiosa.

Quero falar de outro assunto também, por ser novata como blogueira, não sei direito como funciona os Selos que nos são oferecidos por nossos amigos-seguidores. Ganhei meu primeiro selo hoje e segundo as orientações que recebi deveria oferecê-los aos blogs que, na minha opinião, transmite valores positivos em todos os aspecto, trazendo bons momentos a quem os visita.
Por isso, lhe escolhi. Quero que saiba que considero seu blog uma grande oportunidade de lazer e crescimento. Vá até meu Espaço e pegue seu Selo. Com carinho, Clarice.

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Que bela lembrança tens minha flor!
Sabe, sinto muita falta das histórias que minha avó materna contava...amo os idosos e vibro c/ o que aprendo com eles! É, vc me fez lembrar de boas épocas...obrigada!
Beijinhos.

Flores e Luz.

luarte disse...

Eu também sonhava ter umas alinhas dessas, como a família se desfez de tudo, fui obrigada a adquirir na Feira da Ladra as malas de família emprestada :P
Agora estão todas pipocas a exibirem-se no corredor da minha casa :)
Beijinhos

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Shin, explicadissimo :) Obrigada :)

Sente a Natureza disse...

Humm que mágica ! Muita história guardada ;P

Andréa Lisboa disse...

Olá! Vim conhecer seu cantinho! Adorei! Esse post sobre as malas, é lindo,tenho uma mala dessa que foi do pai do meu namorado, ele pediu que eu a guardasse, infelizmente não o conheci, mas é como se eu guardasse a história de uma família linda e cheia de luz. Parabéns pelo mapa cigano, já enviei as instruções por e-mail.
Tenha uma linda semana! Beijinhos! Andréa .

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Andréa... já enviei!

Obrigada :))

Related Posts with Thumbnails