Pages

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Candeeiro a petróleo (querosene)

Nos tempos em que a electricidade era um luxo e a maioria das casas não tinham electricidade... o candeeiro a petróleo era rei!

Foi bastante usado até aos anos sessenta.

Muitas meias foram cosidas , muitos livros foram lidos, muitos jantarem foram feitos, ... à luz da "EDP a petróleo"!

Apesar de falarmos em petróleo, o termo mais correcto é querosene. É um líquido avermelhado de cheiro intenso que se vendia em mercearias ou por vendedores ambulantes ao domicílio.

Estes candeeiros funcionam com uma torcida.
Parte embebida no querosene e parte fora dele. O querosene sobe ao longo da torcida, que não está embebida e quando se acende a ponta da torcida, a chama produzida consome o querosene e a torcida... originando a iluminação.

A torcida vendia-se nas mercearias. O seu formato é achatado.
Uma roda exterior ligada a outra interior dentada e que está em contacto com a torcida, fazem com que esta suba ou desça.

Os candeeiros a petróleo eram normalmente de vidro. Alguns tinham um pé alto (post com foto para breve). As chaminés de vidro destes candeeiros eram importantes uma vez que protegiam a chama e ajudavam a prevenir incêndios.

Para os acender, retira-se a chaminé e encostava-se à torcida um fósforo acesso.
Para apagar, levanta-se a chaminé e com um sopro, apaga-se.

Até o aparecimento da luz eléctrica, as aldeias eram obrigadas a viver na escuridão. A população era obrigada a dormir(? hihihi) muito cedo. O povoado dos meus avó paternos sofria desta falta de luz, se calhar por isso tiveram 12 filhos.

O candeeiro da foto pertenceu aos (bis?)avós do meu OM... mais um objecto cheio de memórias mudas, que se falasse teria certamente muito para nos contar!

E por aí como estamos de candeeiros?

22 Seres especiais comentaram :

EMPRESÁRIA DE SUCESSO disse...

Esse candeeiro é lindo!
Eu tenho um, não é igual a esse e muitas vezes serviu para me iluminar nos dias em que a luz falhava eu achava o máximo...
Beijinhos

Mundo em Vida disse...

Na casa que pertenceu aos meus avós; há lá um igual. Que nostalgia senti agora ao ver esta imagem!
Magnifico!!!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Eu acho muito charmoso. E comprei um. Ele é "movido" a óleo de cozinha usado. Vem com um aromatizante, que tira o cheiro do óleo e ao mesmo tempo perfuma.
Essas coisas antigas tem um charme especial, gosto muito!
bom dia

Sissamar disse...

É lindo! E é mais uma das coisas que ando para comprar mas que não é fácil de encontrar! Os meus pais tinham um, mas era feio (desculpa mãe mas era mesmo uma aberração) depois a minha tia (talvez pensando o mesmo que eu) partiu-o e o meu pai deitou fumo pelas orelhas! Um dia ela ofereceu-lhe outro muito mais giro! Nunca mais o vi, não sei se anda para lá guardado ou se o meu pai o levou depois para a casa dele! Quando lá for já vou assuntar!!!
Beijinhos

Cristal disse...

que coisa, de tolos!!
tens razão ;D
bjs

ONG ALERTA disse...

Tem um efeito maravilhoso, beijo Lisette.

Poupadinha disse...

Ainda bem que os candeeiros não falam e ainda bem que vivemos na era da tv, senão era só trocar fraldas, ahahahah. Agora a sério, de certeza que à luz desses candeeiros as famílias se reuniam mais a contar histórias, a conversar e até... enfim passavam bons momentos em família.

Cristal disse...

eu adoro antiguidades.
Tenho um candeeiro desses, mas não é antigo, foi-me oferecido pela minha sogra,à poucos anos (o meu é de pé alto) é todo branco-transparente, como eu gosto muito de trabalhos manuais, artes decorativas, é para eu o decorar, até hoje está na mesma, eheh

Betty Gaeta disse...

Acho que por aqui se chamam "lampião", mas para falar a verdade eu nunca vi um, só vi em fotografias.
Lindo o que vc postou, usaria com muito gosto em decoração.
Bjkas e uma ótima quinta-feira para vc.

http://gostodistonew.blogspot.com/

Sissamar disse...

Bem, fiquei pasma com o que o Alexandre disse! Isso é muito bom, candeeiros alimentádos a óleo usado e que ainda perfumam o ambiente? Muito bom!
Beijos

HAZEL disse...

Os meus pais tinham 2 desses para quando faltava a luz.
Mas um dia a minha mãe resolveu deitar fora. Como tenho pena disso... :(
O cheiro do querosene é-me agradável e a luz deles muito acolhedora.
Saudades...

P.S. - Pronto. Amanhã eu digo a que é que cheiro. lol!

Fresco_e_Fofo disse...

Os antigos tinham o tacto muito apurado.
Mesmo às escuras, eram muito mais produtivos do que agora.
Se calhar a malta ande encandeados. Ou com falta de melancia... Loool

Patricia Barros disse...

Adorei conhecer seu espaço, cheio de boa e divertida leitura!
Quanto aos candeeiros, em casa dos meus sogros (Vila Real), existem pelo menos dois e sempre os achei lindos, encaixei na decoração do quarto onde dormimos :)
Voltarei mais vezes...

António Rosa disse...

Durante anos tive um desses para quando faltava a luz. E em Moçambique era 'obrigatório' ter. :)

Catarina disse...

A minha mãe conta muitas vezes que quando queria ler, tinha que ser à luz do candeeiro a petróleo. Livros da biblioteca itinerante e luz do candeeiro. A vida era dura...
Os meus pais conservam 2 candeeiros antigos "herdados" e ainda funcionam bastante bem. Quando falta a electricidade é o que eles usam.

Beijos
http://ecologicaquem.blogspot.com

Wanderley Elian Lima disse...

Nossa! Que peça maravilhosa e rara, realmente uma antiguidade. Nós chamávamos de lampião e o combustível também era o querosene. Adoro antiguidades.
Grande abraço

Ana disse...

Adoro objectos do antigamente:)
E adoro os teus posts sobre eles!

Já tantas histórias ouvi acerca desses candeeiros...ainda hei-de ter um!

Tati Pastorello disse...

Querida, que coisa mais linda! E está intacto. Parece tão bem conservado.
Adoro pensar, também, nas histórias vividas (ou presenciadas) por objetos antigos. Quantas coisas não encerram-se com eles.
Beijos.

Fernanda disse...

Por aqui? Todos ligados à electricidade, heheheh...Mas lembro-me desses candeeiros, nos meus avós maternos!

Marilia Marques disse...

Ola! Adorei o candeeiro, não é muito comum, os de pé alto encontram-se com mais facilidade. Este é realmente muito bonito...Parabens pela peça...sou um pouco suspeita para falar do gosto por peças antigas, uma vez que faz parte do meu dia a dia, mas digo mais uma vez....É LINDO! :-)

Na casa de meus pais tambem faltava muitas vezes a electricidade e lembro-me de muitas vezes passar o serão à luz do "candeeiro a petroleo" e à lareira (pois geralmente faltava no Inverno, por causa do mau tempo)... que saudades desse tempo...!!! Na altura era das coisas mais aborrecidas que poderia acontecer uma vez que ficava sem televisão, mas hoje as memórias têm um sabor bem diferente!

Beijinho

Marília Marques
armazemdepaixoes.blogspot.com
armazemdevelharias.blogspot.com
lojinhadocampo.blogspot.com

krasiva disse...

Adorei o teu post. Realmente havia um em casa da minha avó. Que será feito dele? agora vou investigar. Obrigada pela ideia.

Flora Maria disse...

Nunca convivi com esses candeeiros, pois sempre morei em cidade, mas, talvez por isso, sempre gostei desses objetos tão bonitos.

Beijo

Related Posts with Thumbnails