Pages

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Vareta do óleo

Na localidade onde resido existe um individuo auto-suficiente (vamos chamar-lhe: Manel que Remédio), que tem imensos problemas com o carro.

Todos os dias, pelo menos uma vez ao dia (geralmente à hora do almoço), desloca-se no seu carro vermelho até um parque de estacionamento que existe atrás dum convento da cidade.
Este parque normalmente não tem muito movimento, pois até ao centro da cidade ainda se tem de andar um pouco a pé.



O Manel que Remédio, entra com o carro no parque do convento... olha à volta.
Estaciona o carro atrás do edifício... olha à volta.
Abre a porta do carro... olha à volta.
Sai com um paninho na mão... olha à volta.
Abre o capôt do carro... olha à volta.
Inclina-se sobre o motor... olha à volta.
Abre a braguilha*(vulgo portinhola)... olha à volta.
Saca a vareta do óleo... olha à volta.
Dá 1 sacudida na vareta... entra alguém com um carro, no estacionamento. Ás pressas esconde a vareta, inclina-se mais sobre o motor e finge inspeccionar algo.
(Pessoa estaciona carro e vai embora)
Volta a abrir a braguilha...olha à volta.
Saca a vareta do óleo... olha à volta.
Dá 4 ou 5 sacudidelas na vareta do óleo... entra uma pessoa a pé que tinha lá o carro estacionado. Ás pressas esconde a vareta, salta-lhe o paninho das mãos, apanha-o à pressa e finge limpar a chapa ao lado do farol.
(Pessoa entra no carro e vai embora)
Volta a abrir a braguilha...olha à volta.
Saca a vareta do óleo... olha à volta.
Dá 10 ou 15 sacudidelas na vareta do óleo.... tanto abana o bujão que espirra óleo por todo o lado... olha à volta.
Rapidamente limpa as mãos, a vareta, o sapato e algumas peças do motor.
Agora já mais descontraído o Manel que Remédio fecha o capôt do carro, entra no carro e sai do estacionamento...

Na vossa terra também existem indivíduos auto-suficientes e com problemas na cabeça... ah ups... quer dizer, no carro?!


*Braguilha
Peça de vestuário masculino que surgiu nos séculos XV e XVI, por razões de pudor, para cobrir os órgãos genitais. Nos séculos seguintes aplicou-se esse mesmo nome à abertura à frente das calças, calções ou cuecas que se costuma fechar com fecho éclair ou com botões, e que permite ao seu portador retirar a "vareta do óleo" para fora em caso de necessidade. Algumas armaduras do século XVI incluem braguilhas metálicas.

24 Seres especiais comentaram :

Shin Tau disse...

ahahahah confesso que a princípio pensei mesmo que era apenas um senhor a verificar o óleo...só tu mulher para nos pôr a rir desta maneira!

Na minha zona é tudo muito calmo, só recentemente me aconteceu uma que fiquei de boca aberta. Fui à janela da cozinha e em frente há uma fila de prédios estava um carro parado. Uma senhora saiu a correr e dirigiu-se para o café da esquina. Um senhor sexagenário para aí saiu também. Começa a dirigir-se para os carros estacionados e virado de frente para a fachada de prédios. De repente por baixo das suas pernas começa a sair um riacho...olha fiquei para morrer. Nem sabia o que pensar. Aquela é uma zona de casas, a Urbanização não tem saída, ou estavam a vir de casa ou a ir para casa de alguém...

Na altura não sabia de havia de rir ou chorar, mas fiquei chocada...

Na minha altura da escola, no 5.º ano havia um homem que não batia bem com o carro e se punha na cerca da escola, virado para as crianças, a mão a imitar uma pistola, e com a boca fazia TAU TAU TAU ... a gente ria-se mas era um pouco marado, não?

Mais uma grande ideia :)

Wanderley Elian Lima disse...

Esse Manuel que Remédio rsrsrs, tem é problema na cabeça e não no carro, aqui no Brasil, tem milhões iguais a ele rsrsrs
Bjux

Bricolar e Poupar disse...

C'um caneco, o homem está sempre a ser interrompido, grande stress, hahahahh

Sandra disse...

Hahahahahahahaha! Auto-suficiente e que gosta do perigo! hahahahah
Vai ver ele tem paixão pelo carro vermelho e teme que as pessoas não aceitem esse relacionamento! hahahhahaha
Isso é que é um ser estranho!
Adorei o post!
Beijos

Sissamar disse...

Porra pá, que só no fim entendi o que é que a vareta tinha a haver com a braguilha!
Opá, pronto isso são pessoas doentes, chama-se Esquizofrenia, estão sempre a olhar a olhar, pq têm a mania da perceguição! ehehehehe, agora quanto á vareta sempre ouvi dizer que de vez em quando tem de se ver o nivel do óleo, não acho nada de grave... Oh Gaspas, o que é que tem o homem ver o nivel do óleo??? Tu não vês o teu? Ou o do teu marido??? Se não o fazes aconselho senão qlqr dias o carro deixa-vos na mão ehehehehehehehehehehe!
(isto é que é o post de sexta feira??? Acho que estás a precisar de uma valente coça internautica, cibernautica ou coisa que lhe valha!)

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Claro que sim, está dentro do tema de sexta-feira!!!
Mas claro o que tu querias mesmo, mesmo... eram umas dicas para logo à noite!!! :P Talvez pá semana!!!

Betty Gaeta disse...

Uau! Ninguém chama a polícia?!? Eu já teria dado uma pisa neste Sr. Autosuficiente. Ele que vc com a sua autosuficiência para dentro de seus aposentos.
Bjkas e um ótimo final de semana para vc.

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Se calhar a casa dele não tem garagem! E se ele só "funciona" junto do carro... isso pode ser um problema!

Não sei se alguém já chamou a policia... Certo é que eu e uma amiga já vimos ele esconder a "vareta do óleo" da policia num dia que passaram por lá (se calhar alertados por alguém).

Sissamar disse...

Pois, eu queria mesmo mesmo... lololol, ohbalhasemedeus, que mente tão poluída a minha! Eu entendi que era post de sexta, mas claro tinha de te enervar né?
Beijocas!

:P

Bricolar e Poupar disse...

agora que li a 2ª vez é que percebi o que o senhor estava a fazer, da primeira pensava que ele estava só a fazer xixi e a esconder-se... e nem tenho nenhuma costela alentejana (mas parece), rsrs

Sandrass disse...

hehehe o que me ri com a tua descrição hehe

Já conhecia esta história mas assim tem muita mais piada!!!

Só tu hehehe

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Vixe... tá bom desse senhor ir inspecionar os carros da polícia!

Meu Deus, é um louco exibicionista.

Tem foto dele pra postar no meu blog, na postagem da "Auto estima"? rs

boa sexta

Deusa disse...

Mais que piada...kkkkkkkkkk,fiquei até em dúvida.....será que alguém pode por gentileza dar um tiro no @#$#%$#$@$% deste idiota...tarado,tomara que dia destes antes de morrer a braguilha dele prenda o @#@$#@#$ dele e ele tenha que ir para o hospital,dai lá eles cortem e joguem fora....eca.....nojento.kkkkkkk.
Deusa
vasinhos coloridos

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Alexandre, não lhe dês ideias... é que para além da tara do: "em publico" ainda ganha também a de querer ser modelo fotográfico :P

Fresco_e_Fofo disse...

O Manel que Remédio não anda bater bem da bola. Mas quem anda a espreitar esses pormenores todos, se calhar também já trocava uns parafusos. eheheh

Cora disse...

Tarado isso sim!
Para mim esta doença tem um nome: -Cara de pau aguda!

Este sujeito sofre desta doença que só tem uma forma de cura... a cadeia!
É muita falta de respeito com os outros mesmo!

Beijos Gaspas!

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Eu acho que estas pessoas nem têm bem noção do que fazem. Sofrem de um desequilíbrio mental, trauma de infância, não sei... Mas acredito que seja uma doença (se calhar estou enganada)!

Cristal disse...

epá!
isso 'dura' (salve seja) à muitos dias?
será que ele já sabe que está a ser observado??? só falta ser apanhado, o melhor é denunciar o caso e deixar o resto com as autoridades, imagina se isto toma outro tipo de proporções...

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Isto durou, sim, vários dias.

Eu e uma colega deixávamos o carro nesse parque e vímos lá varias vezes o homem de capôt aberto, como aquilo parecia não ter fim, acabamos por ter de deixar o carro mais longe para não ter de apanhar com aquilo todos os dias... Mesmo assim, à hora do almoço lá víamos o carro a dirigir-se para lá. Portanto não sei o desfecho, nem se ainda dura. Isto aconteceu há uns 3 anos atrás.

Mas que aquilo nos pareceu ser uma rotina isso pareceu. Além de que falamos com pessoas que pelo menos uns 6 meses antes assitiram ao mesmo.
Vimos também a policia lá rondar, não sei se já alguém tinha participado o caso. De qualquer forma não quisemos ter nada a ver com aquilo e simplesmente desamparamos a loja.

Chegamos a tirar a matricula para o caso de ele atacar alguém e fugir podermos dar uma pista.

Mas acredito que haja muito disso por ai... :s Doença, necessidade, trauma, solidão... ?!

Para ele aquilo era nitidamente normal, mas visto de fora é algo ridículo...

Se calhar como os animais na natureza masturbam-se e tem relações em publico ele achou que aquilo era normal.

Enfim... Agora uns anos depois já dá para rir, mas na altura deu para assustar um bocado.

Cris França disse...

pelo menos vc sabe onde fica isso no carro...rs muita gente não sabe...rs

bjs querida, obrigada pelo carinho

Eliene Vila Nova disse...

Olá
Nossa adorei a sua visita no meu blog,obrigada pelo carinho e volte sempre,pois minha casa é sua.
Ri muito desa história,rsrs
Um final de seman abençoado,beijos

Ana disse...

Já me parti aqui a rir, mais com a tua descrição da coisa, do que com a coisa em si:p Porque isto tem tudo muita piada até se tornar assustador... Uma amiga minha a passar numa esquina à noite foi surpreendida com um homem a urinar, que não satisfeito começou a abanar a dita cuja e a correr atrás dela...agora conta isto a rir-se, mas lembro-me que na altura me ligou em pânico... (correu mais que o velhote!)

Fabiano Mayrink disse...

Esse homem so pode mesmo é ter problemas de cabeça, ir ao meio dia e todos os dias na rua fazer isso... Deve ter alguma coisa por la que o atrai, vai saber o que é.

sempre bem humorada vc rs

Liège disse...

Que sujeito asqueroso! Mas a descrição que você fez foi sutil e bastante engraçada.
Beijos.

Related Posts with Thumbnails