Pages

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Ouvir as mensagens do corpo

Se eu disser que você cria as suas doenças físicas, com o seu pensamento... você acredita?

O que se segue foi extraído do livro de Louise Hay "Você pode Curar sua Vida". Link para download retirado do Dalla Blog.


"distúrbios de ouvidos geralmente significam geralmente significam que está acontecendo algo em sua vida que não está querendo ouvir (...) Repare que em casais, quando um usa aparelho de surdez, o seu cônjuge fala muito."

"Sempre que vejo crianças pequenas usando óculos sei que está acontecendo algo em sua
casa que elas não querem olhar. Como não podem modificar a experiência, tornam a vista difusa para não ter de vê-la directamente."

"Enxaquecas são criadas por pessoas por pessoas que querem ser perfeitas e criam muita pressão em torno de si. As enxaquecas quase sempre podem ser aliviadas pela masturbação, se ela for feita logo nos primeiros sinais"

"Distúrbios nos seios paranasais, que atingem bem à frente do rosto, perto do nariz, representam irritação com alguém de sua vida, alguém muito próximo. Você pode até sentir que está sendo espezinhado por essa pessoa."

"Amigdalite ou distúrbios de tiroide refletem criatividade frustrada por não se poder fazer o que se quer."

"Problemas nas costas geralmente significam que estamos carentes de apoio. A parte superior das costas está relacionada com a sensação de apoio emocional."


"A LISTA

1 - Procure a causa mental. Quais seriam os pensamentos que criaram isto em mim?
2 - Repita: estou disposto a soltar o padrão em minha consciência que criou esta condição.
3 - Repita o novo padrão de pensamento várias vezes.
4 - Tenha como certo que você já está em processo de cura.

Aborto
Causa provável: Fricção na família, discussões. Criança sentindo que não é bem-vinda, que atrapalha.
Novo pensamento: Esta criança é bem-vinda, querida, profundamente amada.

Defeitos de nascença
CP: Carma. Você escolheu vir assim. Nós escolhemos nossos pais.
NP: Todas as experiências são perfeitas para a nossa evolução. Estou em paz aqui mesmo.

Desmaios
CP: Medo. Não consegue enfrentar. Sair de cena.
NP: É seguro ser eu mesmo. Expresso quem sou.

Dor na parte inferior das costas
CP: Medo por causa de dinheiro. Falta de apoio financeiro.
NP: Confio no processo da vida. Tudo o que preciso vem a mim. Estou seguro.

Enurese nocturna
CP: medo de um dos pais
NP: Esta criança é vista com amor, compaixão e compreensão.

Esterilidade
CP: Medo de resistência ao processo da vida OU não precisa passar pela experiência da paternidade ou maternidade.
NP: Confio no processo da vida. Estou sempre no lugar certo, fazendo as coisas certas nas horas certas. eu me amo e me aprovo.

Hematomas e contusões
CP: As pequenas colisões da vida. auto punição.
NP: Eu me amo e sou carinhoso comigo mesmo. Sou delicado e gentil comigo mesmo. Tudo está bem.

Urticaria
CP: Pequenos temores ocultos. Fazendo tempestade em copo de água.
NP: Trago paz a cada canto da minha vida."


O livro tem muitas outras doenças, pode fazer download do mesmo para ler sobre elas ou deixe um comentário com a doença que quer conhecer e eu consulto o livro e transcrevo a informação.

E por ai? como andamos de doenças?

28 Seres especiais comentaram :

Luísa disse...

Interessante!
Conheces o lvro de Lise Bourbeau - "O teu corpo diz ama-te"? A abordagem da doença é muito semelhante a esta.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Graças a Deus estou zerado! rs.
Eu adoro os livros da Louise Hay. Acredito sim que as doenças são somatizações, recados do corpo...nossa vida, como um todo é fruto do que pensamos e sentimos, eu creio nisso.

Post show! adorei!
bjs

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Luísa, não não conheço ;) Vou tentar encontrar :)

Alexandre, Por aqui também estou e felizmente costumo estar "zerada" e ainda bem :))

bymiminhos disse...

são as chamadas doenças psicossomáticas não é?? o teu subconsciente manifesta-se fisicamente até teres algum tipo de sintoma real...

é preciso respirar fundo de manhazinha, aproveitar o que a vida nos dá e tentar ver o lado positivo das coisas..não queremos cá doenças!!! lol

bjs

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Pelo que a autora diz, sim!

Lê aqui: http://www.solbrilhando.com.br/Saude/Doencas_psicossomaticas.htm

Segundo a psicóloga Louise, todas as doenças que temos são criadas por nós, ainda que de forma involuntária e inconsciente.

arKana disse...

olá!
acredito que todas as nossas doenças são um reflexo do nosso íntimo.
Já li muitos livros sobre o assunto e a explicação sintoma/causa vai variando.

Na minha perspectiva e naquilo que já tenho experimentado ao longo dos anos, não existe propriamente uma fórmula matemática/linear para explicar a origem e o tratamento.

O corpo comunica connosco a toda a hora, está sempre a dizer-nos coisas. Não é fácil, mas o remédio é parar e ouvir! Ouvir em silêncio, consentir e aceitar e a partir daí, tudo muda.
Beijocas

An@ disse...

Bem interessante!

Já tinha lido sobre ... e acredito plenamente que inconscientemente nós criamos as doenças!
É preciso estar atento diariamente aos sinais do corpo e aos nossos pensamentos pois são eles os criadores da realidade que vivemos!

Beijos e boa semana

maria emilia disse...

Oi,
Adorei a postagem, eu acredito nisso. Eu conheço pessoas que adoram falar de doenças e dizer que tem aquela ou essa doença, parecem que gostam de sofrer ... beijos, até mais

Daniele O disse...

Olá!
Muito bom este livro, pois acredito que toda doença material está relacionada a algo que está errado dentro de nós!
Bjs!
Ser Estranho Ser!

Tati Pastorello disse...

Eu sou a rainha da somatização. Desde pequena. E as enxaquecas me afligem desde que o Bê nasceu... Vou pensar sobre isso! Fez sentido para mim.
Vou baixar o livro aqui. Sei que marido também vai gostar. Adoramos o tema.
Beijos.

Patricia Barros disse...

Olá minha querida :)

Caramba...fim de semana prolongado tão curtinho, aff!

Muito interessante este assunto e eu acredito! Se o negativismo adoece a alma, por que não o corpo?
Eu sofro muito com enxaquecas e à pouco tempo descobri algo que até me deixa envergonhada e nem sei como encontrar resposta para isso.Eu tenho uma mesa redonda na minha "mini sala" e me apanho várias vezes a compor as cadeiras, eu entendo que devem estar alinhadas em cruz. quando alguém cá em casa passa por elas e deixam desalinhadas eu me contenho para não ir imediatamente pô-las no sítio.

Agora... fica difícil manter um certo equilibrio com tanta crise e desemprego. Nós aqui, damos dois passos para frente e três para trás. São projetos que não vemos cumpridos e os anos vão passando.Lutamos tanto e desde sempre, é complicado não ser pessimista. Mas eu tento, esforço-me todos os dias para manter a esperança.Há dias melhores que outros...

Beijinho grande e obrigada pela visitinha :)

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Patricia, se acreditas nisto, então também devias acreditar que o que pensamos, escrevemos e dizemos, atrai... :) Isso de dar dois passos em frente e três atrás... tens de reformular isso :)

Beijos e pensamentos positivos!

Fernanda disse...

Já conhecia a teoria e a autora; neste momento estou com sintomas de gripe, mas foi do sol que apanhei ontem. Quem me mandou a mim?! Mas não resisti, depois daquela chuva!

Enfim, Cêgripe já cá canta!

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Fernanda, chá de limão com mel, bem quente... faz milagres!!!

Nira disse...

Perdoe a minha ignorância, mas o que é CP e NP?

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Na primeira frase pus por extenso, mas depois abreviei:

CP - Causa provável
NP - Novo pensamento

;)

Poupadinha disse...

Vê asma, por favor.

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Asma

Causa provável:
Amor sufocante. Incapacidade de respirar por si. Sentindo-se contido. Choro reprimido.

Novo padrão de pensamento:
Agora é seguro para eu tomar conta da minha vida. Escolho ser livre.

Em bebés...
CP: Medo da vida. Não quer estar aqui.
NP: Esta criança está segura e é amada. esta criança é bem-vinda e querida.

"Eu chamo asma de "amor sufocante". Existe a sensação de que a pessoa não tem o direito de respirar por si. Crianças asmáticas com frequência têm "percepção sub desenvolvida" e assumem a culpa por tudo o que parece errado no se ambiente. Sentem-se culpadas, portanto "indignas" e merecedoras de punição. Por esse motivo, às vezes a asma é curada com uma mudança de lugar, especialmente quando a família não vai junto.
Em geral com o crescimento as crianças deixam de ter asma.
Isso acontece na verdade porque elas acabam se afastando da família por causa dos estudos, casamento ou independência financeira e a doença se dissolve.
Com frequência, mais tarde na vida, quando uma experiência qualquer como que aperta o botão dentro delas, têm um novo ataque. Quando isso acontece, essas pessoas não estão na verdade reagindo à situação actual, mas ao que costumava acontecer na infância."

Lúcia disse...

A minha mãe farta-se de me falar nesses livros! Eu pessoalmente não sei se acredito, mas confesso que por vezes acho acertadas as explicações...

RENATA RZ disse...

Oi Gaspitas

Eu concordo em gênero, número e grau com estas informações.
Acredito sim que todas as nossas doenças são marcas acumuladas de algum passado.

Eu não sabia sobre a enxaqueca (e mais um monte de outras!).. na próxima, já sei o que fazer! hahaha

*ps. parabéns pelo post sobre economia de gás do fogão! Adoro ler este tipo de informação.

beijinhos green

Anamaria disse...

Vimm retribuir a visita e já me encantei com seu blog. Gosto muito da Louise Hay mas não conhecia esse livro. Perfeitas as colocações!obrigada por me apresentar.

Nilce disse...

Eu já li e reli tanto sobre esse assunto.
Tentei de tudo juro, mas as minhas alergias... e meu ombro quebrado não me ouviram.
Mas acho muito interessante.

Bjs no coração!

Nilce

Patrícia disse...

Amei o post,tenho enxaquecas as vezes, e deve ser por isso mesmo pois cobro muito de mim, tenho mania de perfeição em tudo, acredito que nossas ações refletem em nosso corpo tanto positivamente quanto negativamente. Obrigada pelo aprendizado. Beijos de sol para te iluminar

Patricia Barros disse...

Olá minha querida!!!

Ok!!!!É como digo...estou a tentar mudar!!!!! Não é fácil!! Mamãe também diz-me o mesmo.

Beijinho grande e obrigada pela dica!

Poupadinha disse...

Obrigada e desculpa a trabalheira.

Eu não era asmática em criança, embora já tivesse sintomas.

Choro reprimido... não desabafo o que devia e costumo guardar tudo para mim, tento não chorar - bate certo.

Agora, amor sufocante?!! Da parte de quem? Não entendi.

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Penso que as causas podem ser uma entre estas:
"Amor sufocante. Incapacidade de respirar por si. Sentindo-se contido. Choro reprimido."
Não tendo de ser necessariamente todas...

;)

Fabiano Mayrink disse...

Post muito bem colocado, vale a pena pensar sobre ;)

purple disse...

bem interessante mesmo :)

Related Posts with Thumbnails