Pages

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Quem abandona animais...

... são humanóides desprovidos de sentimentos, egoístas e acima de tudo, que não gostam de animais (e se calhar, nem de pessoas).

Só não abandonam os pais (idosos), cônjuge ou filhos, cheios de fome e frio, num balde do lixo ou no quintal de alguém porque depois manchavam a reputação perante a sociedade... e provavelmente iam presos!

Se uma pessoa não pode, mais, ter um cão ou gato, há sempre alguém amigo que pode ficar com ele, ou uma associação para o receber.... Um dono consciente, preocupa-se em encontrar um novo lar para o seu companheiro de 4 patas!

Portanto o meu apelo para quem insiste em ter cães para depois os descartar, ou que deixa cães e cadelas juntos... para depois: Quando nascer logo se vê onde os largamos, é:
Abandonem os animais, de preferência perto da casa de alguém como eu, que os recolhe e entrega em associações de protecção.
Poupem os bichinhos de (con)viver com seres frios e sem sentimentos!

Não sentem remorsos com o abandono? Não pensam que o animal pode ter frio, fome e ficar doente? Que pode ser atropelado e até causar danos físicos e materiais num automobilista?

Já recolhi 4 cachorros (o da foto veio cá parar ontem) e, entreguei 3 na associação de protecção do meu local de residência.
Não! Não asfixiei o outro, nem transformei em bifes para oferecer às minhas visitas! Fiquei com ele e mora cá em casa! É o cão R!

Especialmente para si, que abandona animais:
Que as pulgas de mil cães, invadam o seu rabo e que os seus braços mirrem, de forma a não o puder coçar!

E você, é dos que abandona?

46 Seres especiais comentaram :

Cris França disse...

acho uma crueldade, seja da forma que forma, eu não abandono não querida, não mesmo. bjs

Siala disse...

Este é um dos temas da minha vida...não o abandonar, mas o lidar com o abandono na faceta daquele que o sofre :( olhar nos olhos de um animal abandonado e sentir o que ele sente, é-me tão natural como respirar...o que me leva a não conseguir entender quem abandona ou mal trata.Eu já desisti, nem tento, concentro-me no animal e em fazer o meu papel perante aquele ser mostrando-lhe que nem todos os humanos são assim...desumanos.
Namasté

COMANDANTE LUNETA disse...

Sempre ouvi dizer que conseguimos ver o desenvolvimento de uma sociedade pela maneira como os seus cidadãos tratam os seus animais... isto não acontece nas sociedades desenvolvidas! Sem comentários!
Beijocas e felicidades para o cachorrinho R.

Spooky disse...

E o novo cão ja tem nome?
O cão R é lindo!Tem fotos dele grande? Ou ele é BB?
Aqui, também acho crueldade, recentemente atropelei o Ralf, que infelizmente veio a falecer depois de uns dez dias no veterinário, o motivo foi uma virose. Fiquei triste apesar de tudo, afinal iria levar para casa nova.

Spooky disse...

Tenho um Slide sobre cães e frases, se alguem interessar me mande email, ficarei feliz em dividir com pessoas que gostam de animais.
spooky_gilmour@hotmail.com

Pratos da Bela disse...

Detesto, odeio pessoas com esse calibre de merda, desculpa os termos, mas é o meu sentimento mais revoltante.
Adoro animais, e quem não pode ter que não os tenha para abandono quando crescerem. adorava que essas pessoas, se é que podemos chamar de pessoas, ium dia fossem abandonadas pelos filhos na sarjeta, para se lembrarem do que faziam a este seres tão maravilhosos como são os animais.
Amei este teu post, pois concordo com todas as tua palavras, eu tenho um pipoca (gato) e uma tartaruga (Sortuda) e gosto deles como meus membros da familia. O Roxe (cão), não o pude levar para o apartamento, mas o meu pai ficou com ele e diz que já é da familia.
Bjinhos fofos

Fernanda disse...

Que fúria Gaspas!
Dizem que quem não gosta de animais também não gosta de pessoas, e eu acredito.
O abandono é uma crueldade; as esterilizações nem sequer custam uma fortuna, e é como dizes, pelo menos que os entreguem em instituições. Mas não, é cobardia completa!
São pessoas de mau intimo...

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Siala,

Concordo o melhor mesmo é dedicar-nos aos animais.
Aliás isso faz-nos sentir melhor a nós e a eles.
Os olhares de alegria, as lambidas e os abanares de rabo que nos devolvem são momentos maravilhosos que entram na nossa vida!
E, é nas coisas boas que nos devemos focar :)

Spooky,
O novo cão ainda não tem nome. Na associação é que vão atribuir. Fui deixa-lo lá ontem.
Daqui a uns dias mando-lhes mail a perguntar qual é :)
O cão R já tem 4 anos e meio. Vou mandar foto para o teu mail ;)

Poupadinha disse...

Bem dito! Cá em casa mora uma gatinha e embora eu tenha no inicio do ano descoberto a minha asma, e a minha médica tenha dito que não devia ter gatos, não a pus ao lixo. Tive de lhe interditar a passagem a certos sítios da casa.
Se eu tivesse uma casa com quintal, gostava de ter um cão (prefiro cães).
O teu cãozinho é tão giro, aposto que vai viver muito feliz na tua horta. Já queria ser cão!

ana disse...

Tens razao para te sentires indignada, claro. Na altura das férias, quando um grande número de animais é abandonado, lembro-me muitas vezes de ver notícias sobre idosos, pais e maes de alguém, que sao abandonados nos hospitais e nos lares. Ora se há quem o seja capaz de fazer com um ser humano, imagina o resto.

Pode ser que na próxima vida sejam eles o cao ou o gato.

No entanto, felizmente que no outro prato da balanca pesam todos aqueles que se importam e tentam ajudar... ainda há gente boa!

Um abraco
Paula M.

Tuquinha disse...

Que achas? tive a minha Pantufa 12 anos, morreu com tumor e aos dez anos pariu a minha tuquinha que está comigo sempre e vai comigo para todo o lado....tenho-me privado de ir a muitos lados por ela não poder ir...por isso só vou quando ela pode ir comigo........é o meu bem mais precioso...
beijinho e bem hajas por esses teus gestos

Formiguinha disse...

Cada dia que passa assistimos a crueldades feitas a animais que não se podem defender e que não pediram aos donos para irem para casa deles, depois são abandonados indefesos perante um mundo tão cruel. Felizmente ainda existem pessoas com coração e ajudam esses pobres animais.
O animal é o ser mais fiel a quem lhe faz bem e pedem tão pouco em troca, basta carinho e um lar para serem felizes.

Que Deus ajude a salvar o nosso Mundo!
Beijimnhos

Andy disse...

Realmente é de uma crueldade imensa.
Como é que conseguem dormir de consciencia tranquila...
Bjinhos

Daniele O disse...

Olá!
Crueldade com os bichinhos, isso sim!!
Aqui pegamos uma gatinha que iria ser jogada na linha do trem!
Vê se pode, o nome dela é rara e é linda!
O abandono é muito terrível seja ele qual for!
Sou voluntária em um hospital psiquiátrico e muitos que lá estão a família nem se quer vai visitar, é assim também em asilos, em casas de menores! Sabe Gaspas as vezes parece que nem somos da mesma espécie não é mesmo ?
Mas temos salvação se cada um fizer um pedacinho teremos um mundo melhor com certeza!
Bjs
Ser Estranho Ser !

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Daniele, O abandono de familiares é algo muito triste. É como se nos abandonássemos a nós mesmos!

Sissamar disse...

Sabes aquele grande ser que uma vez disse que qualquer coisa como, a grandeza de um povo vesse na maneira como trata os seus animais? Pos, é, é das coisas mais verdadeiras que já ouvi!!! O meu preto e a minha Luna tb fui buscá-los a abrigos, e tantos que lá havia, e TANTAS RAÇAS Á ESCOLHA. A primeira cosa que as pessoas pensam quando querem um animal, é em comprar... mas não tem de ser! Se querem raças, tb as há nestas nstituições, se querem bébes tb os há!!! Não compreendo como se continuam a comprar animais com tantos por aí á procura de um lar!
Mas agora, para aliviar um bocadito a cosa... amiga, o pai Natal, passou por aí e deixou caír teu presente antes do tempo. Ele andou a tirar medidas á chaminé e pimbas!!! De presente de Natal, parece-me que estás tratadita!!!
Beijinhos

Piena disse...

Concordo plenamente e queria entender o porquê destas pessoas abandonarem os animais!!

Se não podem ter um animal ou não gostem por que o abrigam para depois descartá-lo aumentando o sofrimento de um ser que só quer dar e ganhar amor!!!

Muito fácil nunca ter um animal,assim poupará este do abandono e de ter que conviver com este tipo de gente!!

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Pois é Sissamar... o dilema adoptar ou comprar!

Eu aceito as duas, talvez porque tenho cá em casa as duas. O R adoptado e o F comprado.

E compramos porque nunca íamos conseguir ter um Serra da Estrela adoptado, seria algo muito difícil de conseguir. Amamos a raça por ser portuguesa e por ser um cão fantástico com uma personalidade quase humana... Parece que nos lêem os pensamentos e igualmente transmitem-nos o que querem com facilidade.
O nosso rafeirito é cão, mesmo cão típico com atitudes de cão, cheio de alergia e sempre ávido por caçar tudo o que se mexa, está nos genes!

Mas o que eu não aceito mesmo é o abandono... talvez porque sou muito agarrada ao que é meu, talvez porque ache o abandono das piores atitudes que se pode ter... O abandono e o não auxiliar um animal que precise.

Ontem qd fui à associação entregar esse pretinho, estavam lá tantos cães. Felizmente os cachorros têm mais facilidade em ser adoptados.
Tinham também um Serra da Estrela que está perdido, o dono ainda não apareceu para o reclamar...

Ter um animal não sai assim tão caro... Se adoptarmos é de borla, cadelas vêm esterilizadas, arroz, aparas de carne e aparas de legumes é barato.

eu sei que andava a pedir um cão pelo natal... hehe... não precisava era ter chegado um mês antes! hihih Este entreguei-o na associação. Ando a namorar outro :P

:)

An@ disse...

Tadinho!
Está com um ar tão tristinho!

Fico danada quando vejo animais abandonados... fogo!
Ó gente esta!

Olha, mas há quem também abandone pessoas!!!! Verdade!
O meu vizinho que era socorrista diz que na altura do verão acontecia muito... mais do que nós imaginamos!! Deixavam de dar os medicamentos aos pais, ou avós, uns meses antes de começar o verão para depois eles serem internados e irem de ferias descançadinhos!!!

E esta sabias?
Parece coisas que só vemos em filmes e novelas... mas acontece!

:(

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

An@ que mau...
bem, já nada me admira, depois de conhecer os fornos do Hittler! Há mesmo pessoas capazes de tudo.

Era bem feito, é que as pessoas melhorassem e depois quisessem ir com eles de férias, hihi!

An@ disse...

Sabes que o pior é que grande parte deles nem voltavam mais para os buscar! Ficavam lá!!!

Pois é! Triste mas verdade!

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

E que exemplo dão essas pessoas aos filhos? Que se pode abandonar familiares! E, se... um dia essa pessoa for abandonada por um filho? Será que vai gostar..?

An@ disse...

Como para os filhos o primeiro exemplo é os pais ... assim se vai "formando" pessoas com as mesmas acções!!!

É até difícil de imaginar gente a fazer isto... mas fazem!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

abandonar animais é de uma maldade sem tamanho, eles não pediram para ir morar nem ter os donos ruins que tem.
que frieza...

falta é educação e respeito para muita gente, que não entende que um animal tem vida, tem sentimentos, fome, dor, necessidades.

essas coisas me revoltam. seu post foi excelente
bom dia

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Um pequeno exemplo real, de como se formam as cabecinhas dos nossos filhotes.
Ás vezes os pais nem reparam em como isso mais tarde pode ficar vincado no carácter.

Um bebé com menos de 2 anos chega ao pé do cão pequeno daqueles que ladram sem parar tipo grafonola e arreia-lhe uns valentes pontapés.
O pai fica feliz com a valentia do rebento e diz orgulhoso:
- Lá em casa tem um cão de peluche e faz-lhe o mesmo está sempre aos pontapés com ele.

E depois acham estranho que certos cães não gostem de crianças... Acham estranho que lhe rosnem e tentem mordem...

O meu cão R abominava crianças, mesmo estando quietas sem andarem aos saltos. Nunca soube porquê, mas desconfio de deve ter sido um dos tais pontapés ou uma pedra que lhe atiraram. Felizmente com calma e sem pressões adaptou-se muito bem ao meu Piki. Mas mesmo assim ando de olho, sempre!

Nilce disse...

Amei o post.
Também fico indignada com pessoas que têm a capacidade de maltratar ou abandonar animais.
Parabéns!

Bjs no coração!

Nilce

Wanderley Elian Lima disse...

Isso é uma covardia, os animais não sabem se defenderem, e precisam de nossa proteção. Já tive 13 cachorros, hoje não posso ter mais pois moro em apartamento. Quem faz isso merecia cadeia.
Grande abraço

pituxasilva disse...

Olha amiga que eu posso dizer deste teu post...tenho 3 caes e 2 gatos,só comprei o rotweiller(WOOZIE) pq tinha q ter papeis, q a nossa lei(para alguns) obriga a ter tudo em dia desde seguros ao resto.
Os outros animais cá de casa foi tudo abandonado,eu moro no barreiro e a PRINCESA fui buscar ela a uma familia de acolhimento a marco de canavezes,nao a comprei...mas gastei em gasoleo lol.
A tita e o ISCAS sao os gatos e sao irmaos tavam tao magrinhos q pensei q fossem morrer,agora tao lindos.E por fim a minha bebezona a YARA uma arraçada de labradora,mas para venda nao era comercial por isso abandonaram.
Bem mas já chega pq sustentar esta malta toda eheheh. o pior é a ida ao veternario e estrelizar todos grrr.Já nao conseguia viver sem eles.
AMO OS MEUS ANIMAIS

An@ disse...

Olha, eu tive um caso assim parecido!

Tive um cão que detestava crianças!
Foi lá para casa mesmo de pequenino e quando começou a subir ao sofá ficava à janela e passava assim os dias. Gostava muito de estar à janela mas havia um miúdo que morava em frente e que vinha para a rua junto da janela atiçar o cão. Ele nem podia ver o miúdo. Quando o via na rua corria logo atrás dele.
Por sinal os pais do dito rapazinho também têm atitudes "duvidosas"!
O facto é que o cão foi crescendo e não gostava de crianças.

Luísa disse...

Uma tristeza :-(
Cá por casa temos, por agora, dois gatos e uma cadela. Mas não me imagino a abandonar nehum deles, que horror. Quando a gata fica a noite na rua (porque quer) eu nem durmo descansada e volta e meia lá vou eu chamá-la à porta. Enfim é como dizes gente que abandona animais podia muito bem abandonar um filho, só não o faz por pressões sociais.
beijo e bem hajam as tuas acções

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Pituxasilva, e tb ainda sobre as vendas k a Sissamar referiu...

Eu qd disse acima que até aceito que se vendam animais é em criadores conscientes e não em "criadeiros" nem em lojas de animais.
Abandonar ou matar um cachorro por não ser vendável é um acto horrível.

Rachel disse...

POdes crer, deviam mesmo ficar com os braçoas mirradinhos e impossibiliatos de se coçarem, é que nem sequer são humanóides.

Não abandonaria nunca os meus animais, nem os que aqui viessem algum dia parar. Eu tenho asma e sou alergica à "caspinha" dos gatos e não é por isso que abandono os 2 que tenho, eles não têm culpa.

Beijinho

Maria de Lurdes disse...

Concordo com tudo o que disse.Mas este é o mundo em que vivemos.Tenho seis cães,um gato e uma gata,e adora os meus amiguinhos de quatro patas,eles fazem parte da minha familia, e sofro ao ver tanto animal abandonado, maltratado e outros a serem abatidos em canis Municipais,e até para servirem de cobaias em Faculdades veterinárias vivos, como aconteceu em Évora. Não é justo ,tudo isto é uma crueldade.

Patricia Barros disse...

É repugnante!!!
E existe humanidade em quem não respeita um animal?? São seres desprovidos de tudo, são qualquer coisa e a ciência ainda não descobriu o quê.

Passei a infância perto de animais e aprendi com meus pais a respeitá-los e tratá-los com muito carinho e ternura. Como não tenho espaço para dar qualidade de vida a um cãozinho, tenho dois piriquitos e uma tartaruga e já estou com lotação esgotada :)

Roberta Maia disse...

Olá vim retribuir sua visita lá em casa, que bom...volte sempre!!
O livro Comer,Rezar,Amar é ótimo mas se você ainda não leu vá ao cinema correndo!!!
Muita Luz!
Roberta Maia.

Spooky disse...

uahsuahsuahs As vezes me privo de sair para ficar um tempo com Sofhie.
Afinal minha esposa e eu trabalhamos fora, e ela fica sozinha... a noite vamos para faculdade e ela fica sozinha... da vontade de ficar com ela, correr, pular e passear quando estamos em casa... e é o que faço.

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Também tento passar o máximo de tempo com os meus. Se bem que nos últimos 2 anos tive pouco tempo para eles infelizmente. Mas agora estou numa fase mais livre e tenho estado mais com eles.

Acho que lhes faz falta companhia, senão formos nós que seja pelo menos um da espécie deles :)

Acredito que os meus são felizes os dois e adoram ter-se um ao outro. São muito apegados!

Betty Gaeta disse...

Eu tb estou com uma cachorrinha cega em casa desde antes de ontem. Eu a peguei em uma autoestrada, pois ia ser atropelada. Ficou internada qse um mês para se recuperar de doença do carrapato. Creio que a "Daisy" (foi assim que a batizei) vá ser feliz com o meu cão e meus 6 gatos adotados.
Bjkas e uma ótima 5ª-feira para vc.

http://gostodistonew.blogspot.com/

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Vai com certeza ser muito feliz! Havendo amor :)
Vida longa para a Daisy!

Rosane Castilhos disse...

Acredito na seguinte frase: QUEM MALTRATA OU ABANDONA UM ANIMAL, FAZ COISA BEM PIORES COM UM SER HUMANO.
Amo os animais.
As vezes penso que nós humanos é que somos seres desprovidos de razão.

Obrigada por abordar este tema.

Xana disse...

Bolas é de uma crueldade... Sou louca pelos meus peludos, não sei como alguém tem coragem sinceramente...
Ainda me ri com a parte final, e da minha parte cá vai... IGUALMENTE :)
beijinhos

calma que estou com pressa disse...

que lindo blog que tu tens_ namorei tudinho - adorei as fotos , a natureza, a simplicidade da vida -
e sabe que eu me pergunto isto tb - e como tem por aqui - gatos e cachorros abandonados - a minha casa está virando um gatil - aqui na vila onde moro - o pessoal é transferido e largam os bichinhos assim..
tinha qeu ser nos Estaados unidos - lá tem leis severas sobre isto - eles são responsabilidade tua - pense bem antes de pegar, comprar um ..
bj
lu

Deusa disse...

Tem mesmo que ser muito cruel um ser destes....já até me calou o coração...tadinho.
Deusa
vasinhos coloridos

Cláudia disse...

Nunca. tenho um gato lindo e é o menino da casa. Quando um dia nos deixar por força da natureza vai ser um desgosto, até lá, abandoná-lo está completamente fora de questão. Então porque se quer ir de férias e não se quer pagar um canil/gatil, é desumano!!

aqui no campo... disse...

Parabéns pelo blog!
Não sei se já reparou, mas tenho um cachorro, e sempre tive cães em casa dos meus pais!
Adoro animais, e acho que a nossa sociedade devia punir o abandono dos animais, como pune (ou não) o abandono das crianças!
A casa da minha mãe actualmente parece um canil de portas abertas...tudo quanto é cão vai lá parar...e é de certeza porque são sempre benvindos!
Vou concerteza passar mais vezes por aqui!

disse...

Nem tenho palavras para essas bestas!!!

Related Posts with Thumbnails